Artigos

  • 0
1200px-Wi-Fi_Logo.svg

O que é Wi-Fi (IEEE 802.11)?

Uma das matérias em destaque do Prof. Wagner este mês, é sobre redes sem fio, onde os alunos estão aprendendo como a implantar e configurar um ambiente sem fio de modo corporativo e um dos assuntos talvez pouco comentado é sobre os padrões de comunicação de redes sem fio então aqui vai um dos tópicos da matéria.

Read More

  • 0
qqqqqqq

Como as empresas se comunicam com seus clientes?

Vem se tornando cada vez mais comum as empresas tentarem se aproximar de seus clientes de várias maneiras diferentes. Em alguns casos, as empresas apelam para total informalidade para conquistar seus clientes para que os mesmos se sintam mais à vontade, como se estivessem na companhia de amigos quando na verdade não estão.

Read More

  • 0
wwww

Desenvolvendo UI

O que se esperar do futuro se ele já está aqui, o designer não é mais o mesmo em 2005 muita coisa mudou e se criaram várias segmentações desse ramo, graças a internet tem como você escolher quais serão suas áreas.

Read More

  • 0
1

Atividade em sala de aula. Turma 1877

Os alunos da turma 1877 do curso de TI da CD6 estão mandando muito bem no modulo de Hardware.

Read More

  • 0
WASEWAS

O que é e para que serve o Nagios?

A matéria em destaque desse mês do professor wagner, é sobre essa poderosa ferramenta de monitoramento.Originalmente escrito sob o nome Netsaint, o Nagios1 foi criado e ainda é mantido por Ethan

Read More

  • 0
sqsq

Os alunos mexem no Movie Maker.

Os alunos mexem no Movie Maker.

Na CD6 os alunos do Professor Matheus do curso de Informática Administrativa aprenderam a trabalhar com a Edição e criação de vídeos na ferramenta Movie Maker.

Read More

  • 0
gg

Como enviar o arquivo para gráfica?

Quem nunca pegou material, mesmo impresso na gráfica, e teve a impressão que ele não estava tão nítido quanto idealizado? Para que seus trabalhos sejam impressos com a qualidade que você planeja, é importante tomar alguns cuidados ao enviar o arquivo para gráfica.

Read More

  • 0
1

Compute Stick

A Intel anunciou durante a feira CES 2015 um novo e curioso dispositivo para quem não dispensa um bom e velho computador de mesa, mas também não quer um gabinete do tamanho convencional ocupando espaço.

Read More

  • 0
1

Iphone X

O novo dispositivo da Apple foi apresentado no mês de setembro em uma convenção da empresa nos EUA. O nome do aparelho vem derivado à homenagem da empresa aos dez anos do lançamento do primeiro aparelho, quando Steve Jobs, gênio da tecnologia ainda era quem tomava a frente de todas as ações da empresa. Desde que ele deixou a linha de frente da empresa da maça por conta de seu falecimento, muito pouca coisa mudou, com alguns dizendo até que toda a criatividade da empresa havia se esvaído sem seu maior nome, mas o novo aparelho da Apple mostra que talvez, exista alguma esperança para os fãs da maçã.

Read More

  • 0
1

As melhores distribuições Linux para 2017

1

O ano novo chegou e é hora de olhar para o que os próximos 365 dias têm a oferecer.
A aposta da ‘Linux.com’ das melhores distribuições Linux para 2017, nas categorias: Melhor distro para desktop, distro leve ou para PCs/laptops antigos, melhor distro para SysAdmin, melhor distro para experts, distro para IoT, melhor ditribuição para servidores em PME’s (não empresarial) e para grandes empresas (Corporativo).
O portal Linux.com analisou e listou as distros que podem ser as melhores de 2017 dentre a gigantesca variedade disponível. E eu, Esli Silva, trago o artigo com algumas excelentes sugestões.

Claro, não podemos simplesmente criar uma lista de sistemas operacionais e dizer “estes são os melhores”, não quando há milhares de GNU/Linux e cada um feito para um determinado proposito. Para esse fim, segue-se uma lista de melhores distribuições GNU/Linux para 2017 de acordo com cada tarefa.

 

Melhor distribuição para sysadmins: Parrot Linux
O Parrot Linux é baseado no Debian 9, usa a interface MATE, está no formato rolling-release de atualizações e oferece quase todas as ferramentas de teste de penetração que você poderia desejar, inclusive Cloud Pentesting e segurança de IoT (internet das coisas).
A aposta para 2017 é no Parrot Linux, assim como o antigo Blacktrack (Kali Linux), BackBox, dentre outros, traz diversas ferramentas de redes, SO, monitoramento, auditoria, criptografia, nuvem, anonimato, computação forense digital, programação e até produtividade. Todas essas ferramentas (e há muitas) estão acopladas a uma base já sólida para criar uma distribuição Linux perfeita para o administrador de segurança e rede. Acreditamos que o Parrot Linux terá um aumento significativo na popularidade. A distro está em 49ª posição no Distrowatch , e esperamos ter um salto significativo nessa lista . O Parrot Linux no Parrot Security pode Ser Sua Próxima Ferramenta de Segurança.

Site oficial: https://www.parrotsec.org/

Distrowatch: http://distrowatch.com/parrotsecurity

2
Melhor distribuição leve: LXLE
O LXLE combina uma mistura perfeita de pequena pegada com grande produtividade.
Sem dúvida, acredito que LXLE se tornará a distribuição leve de escolha em 2017. Por quê? É Simples.

Em outras palavras, esta é uma distribuição de pequeno porte que não vai impedi-lo de fazer o seu trabalho. Você encontrará todas as ferramentas que você precisa em uma versão desktop do Linux que vai se sentir em casa usando-o num hardware antigo e também num PC novo.

Ele é baseado no Ubuntu 16.04 LTS (Lubuntu) e usa o gerenciador de janelas LXDE , o que traz uma familiaridade instantânea e fácil utilização. O LXLE vem com muitas das ferramentas padrão (como LibreOffice e GIMP). A única ressalva é a necessidade de instalar um navegador mais moderno e atualizado.

Site oficial: http://www.lxle.net/

Distrowatch: http://distrowatch.com/lxle
Melhor distribuição para desktop: Elementary OS

Elementar OS não só é bonito, é também estável e oferece uma incomparável facilidade de uso. O Elementary OS (0.4 ‘Loki’) fará o impossível e pode tirar o Linux Mint do posto de “melhor distribuição de desktop”. Essa será uma façanha bastante impressionante, considerando que o Linux Mint desbancou o Ubuntu e está no TOP do Distrowatch há um bom tempo. Atualmente, OS Elementar está na 6ª posição (onde Linux Mint continua seu reinado no ponto número um). Como é possível que OS Elementar poderia de-trono Mint? Loki não só provou ser uma das distribuições mais bonitas do Linux, também é sólida e oferece uma incomparável facilidade de so e consistência em toda a área de trabalho.
Segundo o Lifehacker sobre o ElementaryOS: “Leve e rápido… Completamente desenvolvido ela comunidade, e possui um verdadeiro dom para design e aparência.”

 

Site oficial: http://elementary.io
Distrowatch: http://distrowatch.com/elementary

4

 

PLUS para distribuição Linux mais bonita de 2017: ApricityOS

Não querendo ser ‘do contra’ quanto a analise pessoal do autor no Linux.com, mas obtive uma excelente experiência com uma nova distribuição (que entrou para a lista do Distrowatch há pouco tempo), está em versão beta ainda (e não tem versão para 32 bits) porém, ao testar e usa-lo por um pequeno periodo (e também forneci o laptop para outras  pessoas usarem sem informar qual distro era aquela) e tive um retorno muito positivo sobre a  aparência, leveza (laptop antigo), rapidez e intuitividade: Apricity.

Disponivel com Gnome e Cinnamon (o Gnome é super recomendado), possui todas as ferramentas do dia-a-dia, produtividade, segurança… Atualizações em rolling-release e uma ferramenta para que você crie sua versão da distribuição, facilitando assim, posteriores instalações.

Site oficial: https://apricityos.com/

Distrowatch: http://distrowatch.com/apricity
4

5

7

PLUS para distribuição Linux mais bonita de 2017: ApricityOS

Não querendo ser ‘do contra’ quanto a analise pessoal do autor no Linux.com, mas obtive uma excelente experiência com uma nova distribuição (que entrou para a lista do Distrowatch há pouco tempo), está em versão beta ainda (e não tem versão para 32 bits) porém, ao testar e usa-lo por um pequeno periodo (e também forneci o laptop para outras  pessoas usarem sem informar qual distro era aquela) e tive um retorno muito positivo sobre a  aparência, leveza (laptop antigo), rapidez e intuitividade: Apricity.

Disponivel com Gnome e Cinnamon (o Gnome é super recomendado), possui todas as ferramentas do dia-a-dia, produtividade, segurança… Atualizações em rolling-release e uma ferramenta para que você crie sua versão da distribuição, facilitando assim, posteriores instalações.

Site oficial: https://apricityos.com/

Distrowatch: http://distrowatch.com/apricity
6

Melhor distribuição para experts: Gentoo

(ou quem quer provar que sabe, ou tem o ego inflado kkkk)

O Gentoo requer um nível mais alto de compreensão do Linux, mas você será recompensado com exatamente a distribuição desejada e nada mais.

Esta é uma categoria específica para aqueles que querem mostrar suas proezas com o sistema operacional Linux. Isto é para aqueles que conhecem o Linux melhor do que a maioria e querem uma distribuição construída especificamente para suas necessidades. Quando este Linux é desejado, há apenas uma distro que vem à mente: Gentoo .

O Gentoo é uma distribuição Linux baseada em código que inicia como live exige que você construa tudo o que precisa pelo fonte. Isso não só exige um nível mais elevado de compreensão do Linux, mas também exige mais tempo e paciência. No final, no entanto, você será recompensado com exatamente a distribuição que você quer e nada mais. Gentoo não é novo, mas se você quiser provar suas habilidades de Linux, ajuda a começar com o Gentoo.

Site oficial: https://www.gentoo.org

Distrowatch: http://distrowatch.com/gentoo

7

 

Melhor distro Linux para IoT (Internet das Coisas): Ubuntu Core

O Ubuntu Core (c/ Snaps) torna incrivelmente fácil o processo de instalar pacotes sem se preocupar com dependências e quebras devido a atualizações, isto sistema torna o Snappy Core perfeito para IoT (Internet das Coisas).
A categoria de Internet das Coisas é onde o Linux embarcado realmente brilha, e há uma série de distribuições prontas para assumir a tarefa.
Acredito que 2017 será o ano do Snappy Ubuntu Core .
O Ubuntu Core é uma versão minimalista, extremamente leve e com o foco para o desenvolvimento em dispositivos embarcados, nuvem, IoT dentre outros,  e com o formato de pacotes conhecido como “snaps”, ele pode ser encontrado para várias placas  (como o Raspberry Pi 2 e 3, Intel Joule e NUC, Snapdragon, Artik), virtualização (KVM) bem como drones Erle-Copter, Dell Edge Gateways, Nextcloud Box e LimeSDR trazendo uma plataforma perfeita de distribuição GNU/Linux para IoT, onde o desenvolvedor irá se preocupar com sua aplicação e desenvolvimento, não o S.O.

Snap: http://snapcraft.io/

Site oficial: https://developer.ubuntu.com/core

 

Melhor distribuição Linux para servidor não empresarial: CentOS

CentOS é a melhor distro para servidores que você pode encontrar, tanto pela confiabilidade, robustez e flexibilidade.
Deve ser nenhuma surpresa aqui que o CentOS permanece como o Linux preferido para datacenters de pequenas e médias empresas.
Há uma razão muito boa para que o CentOS continue no topo lista: é derivado das fontes Red Hat Enterprise Linux (RHEL). Devido a isso, você sabe que é tão confiável quanto a distro Enterprise que é comercializada. Nem mesmo o lançamento da versão Server do Fedora fez ele ‘tremer’, e a participação de mercado do Fedora Server não alavancou.
A principal diferença entre o Red Hat Enterprise Linux e o CentOS (além da marca) é o suporte. Com RHEL, você se beneficia do suporte oficial da Red Hat.
Porém, desde 2004, CentOS tem desfrutado de um sistema de apoio massivo impulsionado pela comunidade, larga escala de uso em diversos ambientes e milhares de aplicações da distribuição. Assim, se sua empresa de pequeno ou médio porte está olhando para migrar um data center para uma plataforma de código aberto, sua primeira parada é CentOS.
Vale lembrar também, outras distribuições baseadas no RHEL, como o Scientific Linux e o Oracle Linux.

Site oficial: https://www.centos.org/

Distrowatch: http://distrowatch.com/centos
8

Melhor distribuição de servidor corporativo: RHEL

A Red Hat está perfeitamente em sintonia com as necessidades empresariais da empresa.
Mais uma vez, não há nenhuma surpresa aqui. SUSE está fazendo um trabalho notável e pode ser que num futuro usurpará o reinado do RedHat, o Oracle Linux (que é baseado no RHEL) de inicio não quer o posto, apenas ser uma base para a Oracle vender seus produtos.
Infelizmente, 2017 não será esse ano. O Red Hat Enterprise Linux (RHEL) continuará no topo da lista de empresas mais desejadas.
De acordo com a Gartner , a Red Hat tem 67% de participação de mercado no domínio do Linux (com assinaturas do RHEL responsáveis por cerca de 75% da receita da Red Hat). As razões para isso são muitas., não só a Red Hat está perfeitamente em sintonia com o que as necessidades das empresas empresariais, mas também são importantes contribuintes para quase todas as pilhas de software dentro da comunidade de código aberto.
Correções de bugs em diversos pacotes, aplicação de melhorias e novidades dentro do Linux, desenvolvimento do kernel, features de segurança dentre muitas outras coisas no mundo GNU/Linux e OpenSource vieram (e continuam vindo) da RedHat
A Red Hat é confiável por inúmeras empresas da Fortune 500 (como a ING, a Sprint, a Bayer Business Services, a Atos, a Amadeus ea Etrade) e o RHEL conseguiu empurrar muitos envelopes em áreas de segurança, integração, nuvem e gerenciamento. Mesmo assim, não se surpreenda se, até o final de 2017, a SUSE ainda pegue uma fatia de mercado da Red Hat.

Site oficial: https://www.redhat.com/pt-br/technologies/linux-platforms/enterprise-linux
Distrowatch: http://distrowatch.com/redhat

9