Notícia

Utilizando o serviço de VPN dentro da empresa

05/09/2019

O professor Fábio do curso de TI da CD6 – Centro de Desenvolvimento de Pessoas e negócios está ensinando aos alunos da turma 1917 a real importância de uma VPN (virtual private network) dentro de uma empresa.

Eles estão e configurando dentro do firewall Pfsense todos os recursos necessários para se ter o serviço de VPN totalmente funcional.

Assim conseguem visualizar como interligar redes geograficamente distantes com todos os critérios de segurança necessário.

Passo importante e indispensável para nossos futuros profissionais de TI.

Afinal, um curso completo é aquele que além da teoria ensina também na prática, porque é executando e colocando a mão na massa que assimilamos melhor o conteúdo.

Segue abaixo o TUTORIAL DE CRIAÇÃO - VPN com Pfsense

VPN é a abreviação para Virtual Private Network, onde se pode acessar usando a internet, a sua rede local, através de uma VPN. O tráfego da rede é levado por uma rede pública, ou seja, a internet, para a uma rede privada, nossa LAN.

Esse será o nosso projeto e utilizaremos o protocolo PPTP para criar a nossa VPN. Um conceito importante, relacionado ao entendimento de VPN, é que ela é comparada a um túnel, pois os dados contêm uma segurança onde apenas quem está dentro do túnel consegue enxergar o que se passa.

Um exemplo clássico é que se você está navegando em um barco em mar aberto, todos que estão ao redor poderão enxergar você, mas se você decide seguir caminho, por um túnel como o "Eurotunel", só quem estiver dentro dele conseguirá enxergar você.

Essa comparação é de muita utilidade para entender o funcionamento de VPN. Utilizaremos o protocolo PPTP, então vou ensinar a você um pouco sobre ele e o porquê de utilizá-lo.

Bem, como esse é um projeto para iniciantes, estou utilizando o protocolo PPTP, porém não aconselho utilizar para uma VPN de grande porte, principalmente pela questão da criptografia, pois esse protocolo não a utiliza. Este protocolo, junto ao PFSense, só suporta 16 conexões simultâneas.

Esse protocolo também foi "substituído", ou seja, ficou obsoleto pelo IPSec e Layer 2 Tunneling Protocol. O objetivo é que todos consigam entender o conceito e também criem uma VPN de maneira fácil e rápida. Então agora vamos a prática.

CRIANDO A VPN

No menu VPN temos a opção PPTP, clique nessa opção e vamos cair nessa tela:

Agora vamos preencher os campos necessários:

1.Clique em "Enable PPTP server" para habilitar o servidor PPTP;

2.Em "Server address" coloque o IP do servidor, onde todos os clientes vão se conectar através dele.

3.Em "Remote address range", coloque o IP onde irá iniciar as 16 possíveis conexões, ou seja, o range de IPs deverá começar a partir do que você definir. Por exemplo, se você definir 10.50.80.15, a partir deste IP você poderá contar mais 16 IPs, que será o limite para os clientes que estarão em sua VPN.

4.Clique em "SAVE" no final da página.

Agora vamos criar o usuário, clicando na aba "Users" e depois clique no botão " " para adicionar um usuário:

No campo UserName coloque o usuário que você deseja, vamos utilizar o padrão "teste", em password utilize também "teste", então teremos:

  • Usuário: teste
  • Senha: teste

Como mostra a imagem:

Em IP Address não coloque nada porque não queremos definir um IP fixo para esse usuário no momento. Basta ler o que diz abaixo do campo: 

"If you want the user to be assigned a specific IP address, enter it here." 

Agora clique em "SAVE". 

Pronto, nossa VPN já está criada, fique atento para o próximo artigo, pois irei mostrar como liberar a VPN no Firewall.

Voltar